Família Donà/Donato: da Itália para Minas Gerais

Stonehouse
Photo by Marc Zimmer on Unsplash

Olá! Tudo bem? Hoje iremos falar sobre a origem de parte da minha família materna. Mais especificamente, falaremos sobre a família Donà.

Em 1888, chega uma família de sobrenome Donà na Hospedaria Horta Barbosa, um estabelecimento para o acolhimento de imigrantes, em Juiz de Fora-MG. Neste local, as famílias eram cadastradas, permaneciam alguns dias e seguiam para seu destino programado. Segundo consta na ficha de registro, a família chegou ao Brasil através do vapor Cheribon.

No livro de registro da hospedaria de Juiz de Fora, foi possível levantar que a família de imigrantes era constituída do patriarca, Girolamo Donà e sua esposa, Anastasia Libralato. O casal chegou ao Brasil com 6 filhos, sendo eles: Giacinto Donà, Sebastiano Giovanni Donà, Ernesta Vittoria Donà, Teresa Giovanna Donà, Fermo Rustico Donà e Giacomo Giovanni Donà. Giacinto, o mais velho, tinha 10 anos na data de chegada à hospedaria; o mais novo, Giacomo, tinha menos de um ano de idade.

Girolamo é filho de Bartolommeo e Maria Zecchin; Anastasia, por sua vez, era filha de Giacinto-Eugenio Libralato e Vittoria Baesso.

O comune (ou a comuna, em português) onde se casaram e tiveram todos os seus filhos é Trebaseleghe. Este local fica na província de Padova, na Região do Veneto, na Itália. O comune tinha 12927 habitantes em 31 de dezembro de 2016, segundo o Istituto Nazionale di Statistica (Istat, equivalente italiano ao nosso IBGE). Estes dados foram compilados pelo portal tuttitalia.it, conforme este link.

Infelizmente, por causa de equívocos muito comuns no passado, o sobrenome deste núcleo familiar sofreu alteração no Brasil. No meu ramo familiar, do Sebastiano Giovanni Donà, o sobrenome passou a ser grafado como Donato já a partir do seu casamento. O agora chamado Sebastião Donato iniciou, a partir daí, uma extensa árvore de descendentes nas cidades de Muriaé , Santana de Cataguases, Cataguases, entre outras cidades mineiras.

Girolamo (no Brasil, Jerônimo) e Anastasia tiveram, pelo que já se levantou, alguns filhos no Brasil. Apesar disso, ainda não consegui localizar junto aos cartórios o assento dos nascimentos. Sebastião e seus irmãos se estabeleceram na zona rural das regiões previamente citadas, continuando aquilo que seus pais já faziam na Itália: agricultura.

Comecei a levantar estes e outros dados sobre a família em 2009, graças à ajuda importantíssima de alguns familiares. Em setembro deste ano, se tudo ocorrer como planejado, eu e minha irmã iremos visitar Trebaseleghe e alguns outros locais da Itália. Acompanhe o blog para mais informações!

Se você é descendente de um destes imigrantes ou possui parentes com o sobrenome Donato ou Donà/Doná na Zona da Mata Mineira, fique à vontade para entrar em contato através do formulário do blog. Hoje, já tenho as informações de data e local do casamento de Girolamo e Anastasia, assim como do nascimento dos seis filhos que possuíam na época da chegada.

Arrivederci!

Anúncios