Cidadania italiana: dicas para buscar a documentação italiana

Procurar a documentação italiana pode ser bem complicado, mas há alguns atalhos interessantes. Photo by Andrew Neel on Unsplash.com.
Procurar a documentação italiana pode ser bem complicado, mas há alguns atalhos interessantes. Photo by Andrew Neel on Unsplash.

Olá!

Outro dia eu apresentei a vocês algumas fontes de informação para quem procura documentos brasileiros de registro civil. Para conferir estas informações, basta acessar aqui. Hoje, porém, vou falar sobre uma das partes mais problemáticas: a documentação do dante causa* na Itália.

Algumas das dicas do outro post valem também para quem quer buscar documentação na Itália, como o levantamento de documentos de gerações anteriores (que sempre possuem citações aos antepassados),  conversas com os membros mais antigos da família, uma navegada naquele monte de coisas velhas que a família sempre guarda, as listas de bordo dos vapores ou ainda o FamilySearch.org.

Hoje, porém, vou citar algumas fontes mais voltadas para os italianos, que podem ser uma mão na roda para esta fase mais chatinha do levantamento de documentos.

Cognomix

Se consultar seus familiares não ajudou, uma boa alternativa para reduzir o universo de busca a algumas regiões na Itália é o Cognomix. Nesta página, eles fornecem um recurso de busca, onde se fornece o sobrenome (cognome) e uma localização (dove, “onde” em italiano), que pode ser toda a Itália, uma região ou mesmo uma província específica.

Aqui vale citar um detalhe: o território italiano se divide em regiões e, dentro de cada região, em províncias (“estados”). As regiões possuem uma administração regional, diferente do que ocorre no Brasil. Assim sendo, o percurso de busca, indo do mais amplo para o mais específico, seria: país, região, província, comuna (comune) e fração comunal (frazione comunale), uma espécie de distrito municipal.

Após apertar o botão cerca, você terá acesso a um mapa contendo o “nível de presença” do sobrenome por todo o território italiano. Abaixo, apresento o caso do sobrenome Donà, do meu antepassado.

Mapa de distribuição do sobrenome Donà no site Cognomix. Fonte: http://www.cognomix.it/mappe-dei-cognomi-italiani/DONA. Acesso em: 04/02/2018. Captura de tela apenas para fins informativos.
Mapa de distribuição do sobrenome Donà. Fonte: Cognomix. Acesso em: 04/02/2018. Captura de tela apenas para fins informativos.

Regiões em amarelo possuem menor ocorrência de um determinado sobrenome; áreas em roxo, maior incidência. Clicando em cada área do mapa, o site nos leva a um detalhamento específico daquela parte, até o nível de comune. Com isto em mãos, se o sobrenome não for muito comum, dá pra ter uma boa ideia de onde você deve priorizar a pesquisa.

 

Archivio di Stato

Os Archivi di Stato são um tipo de órgão público italiano que está presente nas capitais de cada província. Nesta página, é possível consultar os locais de todos eles, elencados em um mapa interativo.

Estes arquivos conservam e promovem o acesso a uma rica documentação histórica, inclusive de dados de registro civil ou similares. Infelizmente, porém, nem todos possuem seu acervo disponível online.

Para ir diretamente aos arquivos que oferecem a pesquisa online para registros de nascimento, matrimônio e óbito, pode-se consultar este site. Na seção “trova i nomi“, é possível procurar por nome e sobrenome, como descrevo a seguir:

Quadro de pesquisa na página de busca por nome. Fonte: Antenati/Beni Culturali. Reprodução apenas para fins didáticos/informativos.
Quadro de pesquisa na página de busca por nome. Fonte: Antenati/Beni Culturali. Reprodução apenas para fins didáticos/informativos.

Como podemos ver na página acima, há os seguintes campos para pesquisa:

  • Nome.
  • Cognome: sobrenome (tente encontrar a grafia italiana provável através do Cognomix).
  • Tipologia di Atto: tipo de registro (nascimento, matrimônio e óbito).
  • Comune/località: local do registro (comune).
  • Anno inizio/anno fine: anos de início e fim do provável intervalo em que o fato ocorreu. Exemplo: 1850 e 1860.

Listas militares

Se você está procurando um antepassado do sexo masculino ou sabe sobre algum irmão da antepassada, pode consultar as liste di leva (no singular, lista di leva), que são listas militares italianas que registravam por comune todos os rapazes que completassem os 18 anos em um determinado período. Além das liste di leva, há outros tipos de lista, como a “lista di estrazione“, que englobava os jovens dispensados da condição de disponíveis para o serviço militar, seja por doença, restrição familiar ou emigração.

A compilação das listas era feita habitualmente por província. Em muitos casos, elas podem ser consultadas em páginas dos Archivi di Stato ou fontes similares. Para tentar encontrar uma destas listas, vale procurar por lista di leva + “nome da província em italiano” no Google. Exemplo: lista di leva Padova.

Nestes registros, geralmente há informação do nome do rapaz, nome dos genitores, comune de nascimento e data de nascimento.

E por hoje é só! Você possui mais alguma dica para localizar documentos? Se sim, conte pra gente nos comentários!

Depois da fase de levantamento de documentação, há a etapa de solicitação deste documento na paróquia ou na sede comunal onde o fato ocorreu. Em uma próxima oportunidade, falarei sobre isso por aqui.

Arrivederci! 🙂

 

Publicado por

Adriano Donato Couto

Ítalo-brasileiro nascido em Minas Gerais, morando atualmente na região de Lisboa. Desenvolvedor de software. Italo-brasiliano nato a Minas Gerais. Abita attualmente a Lisbona (Portogallo). Sviluppatore di software. Italian-Brazilian that was born in Minas Gerais (Brazil). Living in Lisbon currently. Software developer.

2 comentários em “Cidadania italiana: dicas para buscar a documentação italiana”

  1. Olá Adriano tudo jóia?
    Me esclarece uma dúvida aqui, seu eu tiver um parente mais próximo que já tem cidadania Italiana, fica mais fácil para eu conseguir a minha? Se sim, o que eu devo fazer?
    Agradeço desde já
    Tô adorando se Blog, muito bom

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá! Tudo bem sim, e você?
      Sobre a pergunta, a vantagem depende de qual a via que será utilizada pra o reconhecimento. Alguns consulados e alguns comuni permitem que use a “pasta” de documentos já utilizados, adicionando apenas as suas certidões. Fora isso, se alguém já fez, pode ser mais fácil obter informações sobre o local de cada registro.
      Salvo engano, não há mais vantagens.
      Abraço! E obrigado pelo apoio. 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s