Minha São Paulo: os museus que já visitei

Photo by Alessandro Di Credico on Unsplash.
Estação Vila Mariana da Linha 1-Azul do Metrô de São Paulo. Photo by Alessandro Di Credico on Unsplash.

Olá!

Hoje gostaria de apresentar uma lista (resumida) de museus bacanas para visitar em São Paulo. Jamais tome esta lista como definitiva, pois a capital paulista tem atrações para uma vida inteira e mais um pouco.

Sou cidadão daqui há quase 4 anos. No começo, como mineiro do interior, meu coração ainda estava perdido na Terra da Garoa. Com o tempo, porém, consegui perceber que a cidade tem uma rotina cansativa e com jornadas longas até o trabalho, mas também oferece aquele suspiro merecido sempre que você pedir.

No começo, minha experiência por aqui se restringia a museus, que são maravilhosos.

A vida noturna, de fato, eu só comecei a vivenciar há pouco tempo. Para facilitar, vou dividir a sequência de dicas em mais de uma postagem. A de hoje tratará dos museus que consegui conhecer até então.

São Paulo abriga uma lista surpreendente de instituições para preservação e divulgação artística. Há uma lista maior aqui (que não engloba todas as opções), mas já visitei (e recomendo) os seguintes:

MIS (Museu da Imagem e do Som): se você é fã de arte cinematográfica, de TV, música e qualquer coisa similar, aqui é sua melhor escolha.O MIS tem cursos livres, exposições interativas e muito conteúdo bacana. Fica razoavelmente próximo da Av. Paulista.

Visitei o espaço quando a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum estava por lá. Sensacional! Mais informações sobre o espaço, no site oficial.

CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil): como o nome já diz, é uma instituição mantida pelo banco homônimo. Abriga exposições bacanas, mas o vislumbre começa pela arquitetura do local. Foi o primeiro prédio próprio da instituição bancária na capital e fica no centro histórico da cidade. As vias ao redor são exclusivas para acesso de pedestres, tornando a visita mais tranquila.

Para mais informações, acesse aqui.

MASP – Museu de Arte de São Paulo: museu privado sem fins lucrativos, seu prédio atual é um dos cartões-postais da cidade. Possui acervo dos mais diversos tipos, incluindo até mesmo uma extensa coleção de vestuário. Fica na Avenida Paulista, a principal da capital. Para acessá-lo, uma das opções é por metrô, saindo na estação Triano-MASP da linha 2-Verde. Dá para saber mais aqui.

Instituto Tomie Ohtake: homenageando a artista de mesmo nome, o instituto é focado em artes plásticas, arquitetura e design. Me apaixonei por ele quando visitei a exposição que englobava trabalhos da Frida Kahlo e outras artistas sensacionais. Engloba outras estruturas, como um teatro e um centro de convenções, além de oferecer cursos.

Para mais informações, basta acessar o site da instituição. Uma última vantagem é o fato do instituto estar localizado no bairro de Pinheiros, com toda uma área boêmia para explorar.

Pinacoteca de São Paulo: a pinacoteca engloba, na verdade, dois grandes espaços: Pina_Luz e Pina_Estação. Só conheci a Pina_Luz, que fica na Praça da Luz. Na época, fui conhecer a exposição hiper-realista de Ron Mueck. A arquitetura do prédio, o trabalho riquíssimo do artista australiano e a atmosfera do local me fascinaram. Por fim, curti alguns momentos no café da instituição. Com vista para a Praça da Luz, é bem agradável.

Recomendo a visita a mais alguns espaços: a Pina_Estação, que fica junto da Estação Luz da CPTM (ambas em frente à Pina_Luz), a própria estação de trem e a Praça da Luz, que também abriga algumas esculturas. Das três opções, a praça exige certa cautela, não sendo um lugar muito seguro. Para o site da instituição, visite aqui.

Como podem ver, há ainda uma lista enorme de instituições para eu conhecer. Entre elas, as que mais me despertam interesse no momento são: Museu da Imigração (site) e Japan House (site).

Edição em 29/04: Fiz uma visita ao Museu da Imigração! Falo um pouco sobre o que vi aqui.

Também gostaria muito de revisitar o Museu do Ipiranga, que consegui conhecer antes de me mudar para São Paulo. Infelizmente, porém, a instituição está fechada para obras de restauro. Site oficial: http://www.mp.usp.br/museu-do-ipiranga.

Por hoje é só! E você, possui alguma indicação legal além dessas da lista? Se eu me lembrar de algum outro museu que já tenha visitado, incluirei posteriormente no texto.

Arrivederci! 🙂

Publicado por

Adriano Donato Couto

Ítalo-brasileiro nascido em Minas Gerais, morando atualmente na região de Lisboa. Desenvolvedor de software. Italo-brasiliano nato a Minas Gerais. Abita attualmente a Lisbona (Portogallo). Sviluppatore di software. Italian-Brazilian that was born in Minas Gerais (Brazil). Living in Lisbon currently. Software developer.

Um comentário sobre “Minha São Paulo: os museus que já visitei”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s