2for1: Como economizar em atrações e restaurantes de Londres

The London Eye. Foto por Adriano Donato Couto. The London Eye. Foto por Adriano Donato Couto.

Quem já viu meus textos anteriores sobre Londres já sabe que os museus são, no geral, de entrada gratuita.

Há exceções, como exibições especiais e temporárias, mas o acervo fixo geralmente não exige pagamento de ingresso.

O problema é que a cidade é um lugar caro, então convivemos com a máxima de que os museus são de graça, mas muitas das outras atrações são caríssimas.

Aqui não falo do valor agregado das atrações em relação ao preço, mas do quanto elas são acessíveis para um público mais amplo.

Tentando dar uma ajuda na economia para quem viaja por aqui, já falei das loterias de bilhetes dos musicais, por exemplo, que são uma mão na roda para acessar um ingresso a preços menos proibitivos.

Hoje, porém, vou falar de outras atrações tipicamente turísticas e de como pagar menos através de um programa de descontos: 2for1, patrocinado pela National Rail, a empresa que administra as ferrovias do Reino Unido.

O que é?

Como o próprio nome diz, o 2for1 é um programa em que se tem acesso a entradas (ou outras coisas) para duas pessoas pagando o preço que seria de apenas uma.

Há algumas outras ofertas disponíveis, então é sempre necessário verificar com atenção antes de emitir o cupom de desconto de uma atração.

Vamos tomar como exemplo a Tower of London, de cujo roteiro descrevi neste texto.

O preço completo pago no local, com a doação para o Historic Royal Palaces, caridade que ajuda a administrar o espaço, é de 30,30 libras.

Utilizando o cupom gerado pelo programa 2for1, você pode adquirir DOIS ingressos pelo mesmo valor de 30,30 libras. Bacana, não é?

O programa é patrocinado pela National Rail. É esta companhia que administra as ferrovias britânicas, em parceria com as empresas que oferecem os trechos de viagem na malha ferroviária.

Waterloo Barracks - Tower of London. É aqui que se pode conferir as joias da coroa.
Visitar as atrações na Tower of London pode sair bem mais barato do que o preço padrão! Na foto, as Waterloo Barracks, onde você poderá conferir as joias da Coroa Britânica.

Quais opções estão disponíveis no programa?

Há atrações turísticas, indo desde o SEA LIFE London Aquarium (aquário de Londres) até London Eye, mas há também restaurantes e museus.

As opções disponíveis geralmente têm uma data final da disponibilidade, ou seja, nem tudo estará disponível para o programa na data que você deseja visitar.

Principalmente no caso de restaurantes, mas também para outras opções, há algumas regras. Em um determinado lugar eles podem aplicar a oferta em períodos específicos do dia, dias definidos da semana ou somente algumas opções do cardápio (ou lista de serviços/programação), por exemplo. É sempre bom verificar com calma a página da oferta!

O SEA LIFE London Aquarium está disponível atualmente no programa.
O SEA LIFE London Aquarium está disponível atualmente no programa.
Vista de Londres através da London Eye. Foto por Adriano Donato Couto.
Você pode ter esta visão da cidade através da London Eye. Foto por Adriano Donato Couto.

Fonte oficial de informações

Explicarei aqui tudo de necessário sobre o programa, mas é sempre bom checar as informações originais (e atualizadas).

Para isso, você pode ir até o site da iniciativa, Days Out Guide, ou se dirigir a algumas estações de trem que possuem panfletos do programa. Na estação de trem London St Pancras, que fica ao lado de London King’s Cross, você consegue o caderninho listando as atrações e já com cupons impressos para preenchimento. Para isso, procure o setor de informações.

Cidades em que o programa funciona

No site que citei acima, você poderá ver que há um link diretamente para Londres, London Days Out, onde você pode conferir as opções atualmente ativas no programa, divididas por categoria.

Além de Londres, a página menciona o programa em Birmingham, Brighton, Liverpool, Manchester, Escócia, entre outros.

Para a lista mais detalhada, clique nos links acima ou na apresentação geral.

Quais os passos para participar?

São poucas etapas que te separam da emissão dos bilhetes com desconto:

  • Escolha a atração que deseja visitar;
  • Emissão online e impressão de cupom para a atração escolhida (ou preenchimento do livreto de descontos obtido na estação de trem);
  • Compra de bilhete válido de trem (verifique a explicação a seguir) para as duas pessoas;
  • Apresentar no guichê da atração o bilhete de trem e o cupom (voucher) para comprar os dois ingressos.

Quais bilhetes são válidos?

Basicamente, o objetivo do programa é incentivar a utilização dos trens para acesso às atrações, principalmente para quem viaja entre cidades no Reino Unido.

Para ter o desconto, portanto, você precisa ter em mãos um bilhete de trem que tenha como destino a cidade onde você está viajando, que seja válido para o dia em que você está visitando a atração e que esteja entre as opções aceitas pelo programa.

Se for um bilhete de trem válido por uma semana, por exemplo, a sua visita na atração precisa ser neste período.

Via de regra, todo bilhete adquirido em estação de trem com destino à cidade onde você utilizará o cupom de desconto deveria ser válido.

Uma boa indicação de bilhete aceito é a presença do seguinte símbolo (logo da National Rail):

Logo da National Rail.
Logo da National Rail.

Desta maneira, bilhetes adquiridos online diretamente das companhias que operam o sistema ou da National Rail e bilhetes adquiridos em estações de trem são geralmente válidos, incluindo os trens Gatwick e Stansted Express (que atendem os respectivos aeroportos).

O bilhete de trem expresso a partir de Heathrow (emitido em qualquer lugar), além de bilhetes de Gatwick e Stansted adquiridos online (no celular) que não tenham o símbolo acima não são válidos.

Uma outra boa opção, que oferece uma economia considerável nos custos de transporte na cidade, são os travelcards. Eles oferecem acesso à malha de metrô, overground, ônibus e trem tradicional em Londres e podem ser comprados dependendo das zonas de transporte que você pretende visitar.

Eles são comprados por pacotes de dia, podendo incluir uma semana inteira, por exemplo.

💡Dica: a cidade é dividida em anéis virtuais de transporte, que separam a cidade em áreas com diferentes valores de cobrança, aumentando o preço à medida que se distancia do centro de Londres. A maioria das atrações está nas zonas 1 e 2.

Se  você quiser adquirir o travelcard, deve apenas se lembrar de que estes devem ser comprados obrigatoriamente em uma estação de trem. Se for emitido pela Transport for London (TfL), que administra o transporte de metrô e similares na capital inglesa, NÃO será válido!

Como emitir o cupom?

Como já disse, há a opção de pegar um livreto com as atrações e cupons em branco na estação London St Pancras de trem, mas também é possível imprimir online um cupom já preenchido.

Para isso, acesse o site da Days Out Guide e clique na seção desejada. No exemplo, vou considerar London Days Out, para as atrações de Londres.

Entre as atrações, selecione uma que lhe agrade. No meu exemplo, escolhi a roda-gigante The Coca-Cola London Eye, que todo mundo quer visitar quando passa por aqui.

2FOR1: Tela de atração, com formulário para preenchimento dos dados para emissão de cupom.
2FOR1: Tela de atração, com formulário para preenchimento dos dados para emissão de cupom.

Na tela da atração (imagem acima), você pode conferir os detalhes da oferta abaixo da galeria de imagens. Ao lado das fotos, porém, está o formulário que se deve preencher para emitir um cupom, com os seguintes dados:

  • People: número de pessoas que irão à atração.
  • Date: data de visitação.
  • Station: estação de onde você iniciará a viagem. Se for um travelcard, selecione uma estação de trem da cidade, como London St Pancras Domestic (dentro da área das zonas 1 e 2).

Após preencher estes dados, clique em “GET VOUCHER”.

💡Dica: para algumas atrações, como no caso da London Eye, você pode já adquirir o ingresso online com desconto, clicando no botão “BUY ONLINE”.

Na tela seguinte, que eu exibo a seguir em duas partes, você deverá fazer o cadastro como usuário do sistema. Se já for cadastrado, clique no link em “Existing member? Login here” no topo da página.

2FOR1: Primeira parte da tela de cadastro.
2FOR1: Primeira parte da tela de cadastro.

Na tela acima, há os seguintes campos:

  • First Name: seu nome, seja ele com uma ou mais palavras (José, João Paulo, Maria);
  • Last Name: seu sobrenome completo;
  • Email;
  • Country: país onde você mora.
  • Postcode: código postal. Só é pedido quando você marca que reside no Reino Unido.
  • Password e Re-enter password: digite sua nova senha em ambos os campos.

Em “How we use your information” eles explicam que o Days Out Guide é administrado pela empresa ATOC Ltd como representante das empresas de trem. Suas informações pessoais podem ser fornecidas às empresas de trem que operam o sistema na região que você informou no cadastro para administrar seu uso do programa. Mais informações são fornecidas no “Privacy Statement” (guia sobre privacidade e uso de dados) deles.

A seguir, na mesma página, você precisa confirmar algumas informações.

2FOR1: Confirmação de que você leu os termos e condições e ingresso ou não em newsletters.
2FOR1: Confirmação de que você leu os termos e condições e ingresso ou não em newsletters.

Na seção “Keeping in touch”, eles perguntam se você quer receber ofertas e atualizações sobre o programa. A primeira seleção é sobre e-mails do Days Out Guide apenas. Na segunda, para e-mails das companhias de trem.

Em “Terms and conditions”, você precisa confirmar que aceita os termos e condições para uso do programa marcando a caixinha.

Clicando em “Claim Offer”, seu cupom será gerado e estará disponibilizado para impressão, conforme a captura de tela a seguir:

2FOR1: Tela apresentando o cupom gerado, disponibilizando a opção de enviá-lo por e-mail ou imprimi-lo.
2FOR1: Tela apresentando o cupom gerado, disponibilizando a opção de enviá-lo por e-mail ou imprimi-lo.

Na tela acima, clique no botão amarelo “Print/Email All Vouchers” para enviá-los por e-mail ou imprimi-los. Uma janelinha abrirá com dois botões: “Email Voucher” vai enviar o cupom para seu e-mail de cadastro; “Print voucher” abrirá uma página para impressão do cupom. Na nova página aberta, clique em “Print voucher” de novo e imprima.

É obrigatório apresentar o cupom impresso no momento da compra se você não comprou os ingressos diretamente online.

Pronto! Agora é só ir com tudo certinho e comprar os ingressos no dia programado na hora da geração do cupom! 🙂

Espero que a dica de hoje tenha sido útil caso você esteja planejando uma viagem para cá. Comente abaixo se tiver alguma dúvida sobre o programa.

Arrivederci! 🙂