Travelcard: use todo o transporte em Londres e ainda economize em atrações

Estação de Liverpool Street.

Há um tempo atrás, contei para vocês sobre o 2for1, programa de descontos em atrações em parceria com a National Rail, empresa que administra as ferrovias britânicas.

Para participar de qualquer uma das atrações com dois ingressos ao preço de um (além de outras opções de desconto), o solicitante precisa portar um bilhete de trem com o logo da National Rail. Para quem não conhece, é o seguinte:

Logo da National Rail.
Logo da National Rail.

Há algumas exceções, que você pode conferir no post sobre o 2for1.

Hoje eu gostaria de falar mais um pouco sobre esta importante opção de transporte, que pode ser uma boa fonte de economia para turistas em Londres.

O que é

O travelcard é, de maneira simples, um tipo de bilhete que engloba viagens ilimitadas, em mais de um modal (trem, metrô, bonde, DLR e ônibus) de transporte público, dentro de uma determinada zona (ou mais de uma) e por um período limitado de tempo.

Quais os tipos?

Há diversas durações de travelcard:

  • Day Travelcard
    • Anytime Day Travelcard: uso para o dia da compra, valendo para viagens iniciadas até as 4:30 AM do dia seguinte.
    • Off-peak Day Travelcard: de segunda a sexta, começa às 09:30 da manhã de um dia (o dia todo nos fins de semana e feriados, ou bank holidays), indo até 04:30 AM do dia seguinte.
  • Group Day Travelcard: semelhante ao Off-peak Day Travelcard, mas restrito a grupos de dez ou mais pessoas viajando juntas.
  • Travelcard season ticket: são bilhetes de período, ou seja, envolvendo mais de um dia. Podem ser de 7 dias, 1 mês, 3 meses, períodos personalizados (você determina quando começa e termina e paga proporcionalmente) ou 1 ano. Podem começar em qualquer dia da semana e valem até 04:30 AM do dia seguinte ao vencimento do bilhete.

Onde posso usar o bilhete?

Basicamente, em todos os modais principais de transporte dentro de Londres: ônibus, bondes (trams), metrô, overground (“metrô” de superfície), DLR, TfL Rail (trens de linhas municipais) e National Rail (trens da rede nacional).

Como você compra o bilhete por zonas (espécie de anéis de cobrança, que se expandem a partir do centro da cidade), você só pode utilizar o transporte na área para a qual comprou (sem custo adicional), tendo exceção em dois casos:

  • Ônibus: pode andar no ônibus em qualquer zona da cidade, não se restringindo à área do bilhete.
  • Se seu travelcard inclui as zonas 3, 4, 5 ou 6, poderá utilizar todos os bondes (trams) da cidade.

Se quiser utilizar uma das opções de transporte incluídas restritas por zona para ir além da região permitida, terá que ter crédito a mais em seu cartão Oyster card (cartão de transporte de Londres) ou um bilhete complementar para o trecho fora da área que você comprou anteriormente.

Para visualizar as diferentes zonas de transporte em Londres, acesse o mapa da Transport for London.

Onde comprar o travelcard?

O travelcard pode vir em dois formatos: carregado dentro de um Oyster card ou em bilhete de papel.

Se você quer comprar o Day Travelcard em papel, basta se dirigir a uma máquina de bilhetes nas estações do metrô, DLR, overground, TfL Rail e National Rail.

Outra opção é comprar no próprio guichê do overground, do TfL Rail ou da National Rail, além dos Visitor Centres (centros de visitantes).

Para comprar os travelcards carregados em Oyster cards (como se fosse um pacote de recarga de celular), o turista pode se dirigir a uma Oyster Ticket Stop em lojas de jornais e revistas; a um guichê de venda de bilhetes do overground, TfL Rail e National Rail; a uma das máquinas de bilhetes em estações do metrô, overground, TfL Rail ou National Rail; ou ainda em um dos Visitor Centres.

Oyster card. Fonte: Frank Murmann [Public domain]. Link: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Oystercard.jpg
Oyster card. Fonte: Frank Murmann [Public domain]. Link: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Oystercard.jpg

Dica: há Visitor Centres nos terminais Sul e Norte do Aeroporto de Gatwick (área de desembarque) e nas estações de metrô dos terminais 2 e 3 do Aeroporto de Heathrow, ambos em Londres.

Para comprar o travelcard em papel de outras durações, poderá recorrer ao Visitor Shop, VisitBritain, aeroportos de Gatwick e de Stansted (centros de informação, guichê de compra de bilhetes para o trem expresso para Londres ou guichês National Express), entre outras opções.

Observações importantes ANTES da compra

Para garantir o ressarcimento em caso de roubo ou perda do Oyster card, é necessário criar uma conta de usuário no site da entidade administradora do sistema.

O Oyster card por si só custa 5 libras, mas você pode devolver o bilhete posteriormente e obter o dinheiro de volta.

Se você quer comprar o travelcard para utilizar os benefícios do programa 2for1, é preciso comprar o travelcard em papel em uma das estações de trem da National Rail, conforme informação do próprio site do programa (se for em uma estação do metrô, por exemplo, não será aceito no 2for1).

Compensa comprar o travelcard?

Depende. Se você for andar apenas pelas zonas 1 e 2, que englobam quase tudo que turistas visitam em Londres, o travelcard é competitivo para pacotes de sete dias, quando se iguala ao valor cobrado pelo uso de cartão de crédito/débito contactless ou o crédito avulso do Oyster, que tem um limite máximo de custo por dia.

Se você viajar o dia todo dentro das zonas 1 e 2 usando o mesmo cartão (Oyster ou crédito/débito), por exemplo, pagará até 7,20 libras (valor de 2020). A partir daí, as viagens não são mais cobradas. Para o travelcard de um dia incluindo zonas 1 a 4, o valor do bilhete inteiro é 13,50.

Se você for ficar em Londres por sete dias ou mais, o valor do travelcard de uma semana e o máximo cobrado do Oyster para zonas 1 a 2 são os mesmo, de 35,10 libras.

Para menos de uma semana, o caso em que compensaria obter o travelcard é se você for utilizar o 2for1, pois assim você economizaria um valor bem maior na atração do que o valor a mais pago no travelcard.

Posteriormente, farei um texto específico sobre o Oyster, explicando mais detalhes sobre as zonas de tarifa, onde comprar, como carregar, etc.

Fontes principais de informação para o texto

Eu sempre trago o conteúdo mais recente possível na data de publicação do texto, mas nada substitui as informações oficiais do órgão responsável.

Quando for comprar o travelcard, além do texto acima (traduzido e bem mais simples de ler), consulte os links oficiais em inglês da Transport for London (TfL, entidade gestora do sistema):

E é isso! Sei que o texto ficou longo, mas é necessário passar os principais detalhes, caso contrário você poderá se esquecer de algum detalhe importante e gastar dinheiro à toa.