Porto vista pelas margens do rio Douro, a partir de Vila Nova de Gaia. Foto por Adriano Donato Couto.
Porto vista pelas margens do rio Douro, a partir de Vila Nova de Gaia. Foto por Adriano Donato Couto.

Hoje começo a falar da última cidade que visitei em Portugal esse ano. Devo confessar, afinal, que já estou com saudades do país, mas em especial da cidade cujo roteiro descreverei hoje: Porto. Ela se tornou minha preferida por lá!

Antes de mais nada, é bom deixar definido a diferença entre os dois “Portos” no Norte de Portugal. O primeiro é o distrito, que contempla uma série de cidades. A capital do distrito leva o mesmo nome, se restringindo a uma área ao norte do rio Douro bem já na sua foz.

Vista de Faro no voo de chegada. Foto por Adriano Donato Couto.
Vista de Faro no voo de chegada. Foto por Adriano Donato Couto.

Faro é uma cidade relativamente pequena, mas muito conhecida por ser a capital do Algarve, um dos pontos turísticos preferidos em Portugal para aqueles que procuram praias.

Aqui no Reino Unido, por exemplo, a cidade virou uma opção facilmente lembrada quando as pessoas querem curtir um verão mais… quente!

Aquele logo clichê de toda cidade turística. A marina, que fica ao fundo na foto, é bem simpática. Créditos: Adriano Donato Couto.
Aquele logo clichê de toda cidade turística. A marina, que fica ao fundo na foto, é bem simpática. Créditos: Adriano Donato Couto.

Planejando minha viagem a Portugal, procurei as combinações que diminuíssem os custos com voos (datas muito próximas) e permitissem conhecer um pouquinho de outras partes do país.

Lisboa e Porto já eram itens obrigatórios, mas Faro surgiu como uma opção econômica de voo de ida (a partir de Londres).