Se eu estou onde estou, foi porque eu mereci! Analisando privilégios

Photo by Andy Falconer on Unsplash.
Photo by Andy Falconer on Unsplash.

Olá,

Seguindo o mesmo espírito do post da semana passada, gostaria hoje de refletir com vocês sobre um tema que eu creio que todo cidadão deveria analisar: privilégios.

Na atual polarização do Brasil, não adianta: é falar em privilégios que o povo torce a cara, se estressa e enumera as inúmeras batalhas cotidianas que foram necessárias para chegar onde está hoje (ou onde pretende chegar). Continuar lendo Se eu estou onde estou, foi porque eu mereci! Analisando privilégios

Quem tem medo do feminismo? Por que ele não deveria assustar ninguém

Photo by Hello I'm Nik on Unsplash.
Photo by Hello I’m Nik on Unsplash.

Olá!

Hoje, passado mais um Dia Internacional da Mulher, eu gostaria de convidar você leitor ou leitora para uma reflexão: por que motivo  o feminismo é ainda hoje fonte de medo, repulsa ou ódio na sociedade?

Antes de discutir algumas coisas que penso sobre o tema, vale uma ressalva: esse movimento é, por definição e direito, das mulheres. Eu não tenho o lugar de fala, não represento o movimento, mas respeito e apoio a luta das mulheres sempre que posso. Continuar lendo Quem tem medo do feminismo? Por que ele não deveria assustar ninguém

Quando nós começamos a perder a empatia que habitava em nós?

Photo by Mihai Surdu on Unsplash.
Photo by Mihai Surdu on Unsplash.

Olá!

Hoje eu queria pedir a ajuda de vocês para tentar entender algo que já me intriga há alguns anos, mas que começou a me preocupar de forma extrema mais recentemente: onde vamos para com tanto ódio e maniqueísmo? Continuar lendo Quando nós começamos a perder a empatia que habitava em nós?

2018: um ano insano

Photo by Charles Deluvio 🇵🇭🇨🇦 on Unsplash.
Photo by Charles Deluvio 🇵🇭🇨🇦 on Unsplash.

“Mar calmo nunca fez bom marinheiro”.

Olá!

O título do texto pode assustar, mas a verdade é que 2018 foi um ano de descobertas, mudanças (internas e territoriais), questionamentos e MUITA experiência. Continuar lendo 2018: um ano insano

Até logo, Portugal! Já sinto saudades…

Lisboa à noite. Photo by Andreas Brücker on Unsplash.
Lisboa à noite. Photo by Andreas Brücker on Unsplash.

Hoje eu gostaria de abordar algumas impressões que tive sobre Portugal e sobre minha mudança de país.

Primeiramente, um resumo: amei Portugal! Continuar lendo Até logo, Portugal! Já sinto saudades…

Você está vivendo ou sobrevivendo?

Você já tentou olhar para dentro e avaliar sua trajetória até aqui? - Photo by RODRIGO MTORRES on Unsplash.
Você já tentou olhar para dentro e avaliar sua trajetória até aqui? – Photo by RODRIGO MTORRES on Unsplash.

Olá!

Hoje eu gostaria de fazer com você uma reflexão simples, mas que a gente nem sempre se permite fazer:

Eu estou vivendo ou apenas deixando os dias passarem?

Sou muito observador, logo, frequentemente tento sair da minha bolha pessoal e observar melhor o que está ocorrendo além das barreiras da minha pele. Continuar lendo Você está vivendo ou sobrevivendo?

Qual é o sabor de um “olá” há milhares de quilômetros?

Olá!

No último dia 26 de agosto, completei quatro meses em Portugal.

É engraçado como o tempo corre rápido hoje em dia, mas percebi que ele é dolorosamente mais cruel quando se está distante.

Precisei desse tempo até agora (e todo o que vem pela frente) para crescer muito por dentro. Continuar lendo Qual é o sabor de um “olá” há milhares de quilômetros?