Viagens, vida no exterior e cotidiano.

Liverpool: roteiro para um bate e volta

Viagens25/09/2022

Quando alguém menciona “Liverpool”, é muito provável que você automaticamente se lembre de Beatles e futebol.

Não há como negar esta herança cultural e esportiva da cidade, mas há alguns outros pontos muito bacanas que merecem sua visita.

Meu tempo por lá era limitado, então selecionei apenas as principais atrações para compartilhar contigo.

Trarei ainda alguns extras, para que você possa personalizar o roteiro conforme seu agrado.

LFC Official Club Store

Para quem é fã de um dos mais famosos times ingleses de futebol, Liverpool, esta é uma parada super recomendada.

A seleção de itens com o design e marca do time é bem grande, incluindo alguns produtos personalizáveis.

Ah! Se você for fazer o tour pelo estádio, saiba que por lá há uma loja oficial ainda maior do que esta.

St. John’s Gardens

Estes jardins ficam em frente a um prédio histórico que hoje abriga eventos.

Apesar de relativamente pequeno, possui alguns monumentos interessantes, inclusive um que faz homenagem a soldados da cidade que faziam parte do King’s Regiment, especificamente aqueles que participaram e morreram em combates no final do século XIX e início do século XX.

World Museum

Fundado em 1851, este museu abriga uma coleção interessante de itens de arqueologia e ciências naturais, entre outras áreas.

Sua entrada é gratuita, exceto para exibições temporárias especiais.

The Flanagan’s Apple

Pub com um estilo bem legal, oferece um cardápio decente e preço justo, incluindo combos com desconto.

The Grapes

Um dos pubs mais conhecidos do mundo, sua fama se deve em boa parte ao fato de que era ali que os Beatles tomavam uns goles quando não estavam se apresentando no “The Cavern Club”, local que os tornou famosos.

Foi no The Cavern, aliás, que Brian Epstein descobriu os quatro jovens, tornando-se empresário do grupo posteriormente.

Aqui, vale um contexto: The Cavern era um clube musical à época, focado majoritariamente em adolescentes, por isso não servia bebidas alcoólicas. Por conta disso, The Grapes, único pub em Matthew Street naquele período, servia como “escape” para os maiores de idade.

Ah! Visitando o pub, você poderá conferir uma foto dos Beatles tomando uma cervejinha por ali.

Liverpool Beatles Museum (*)

Este local abriga mais de mil itens relacionados aos Beatles, incluindo instrumentos de quando o grupo fez residência em Hamburgo (Alemanha) e discos de ouro e platina.

O ingresso, no momento da redação deste roteiro, custava 17 libras para adultos. Para informações atualizadas, visite o site oficial.

Anfield / tour pelo estádio

Aberto em 1884, este estádio era ocupado originalmente por Everton F.C., outro clube da cidade.

Em 1892, porém, Liverpool F.C. (à época, Liverpool F.C. and Athletics Grounds Ltd) foi formado, permanecendo no mesmo lugar até hoje.

O nome do estádio se deve ao bairro de mesmo nome onde ele se localiza.

A visita foi feita, principalmente, por conta do meu cunhado, torcedor assíduo do time. Na ocasião, conhecemos as dependências de Anfield através de um tour executado pela própria equipe que cuida do estádio.

Começando no último andar e seguindo até as margens do gramado, passando pelos vestiários, é uma experiência muito interessante.

Aqui, porém, vale um alerta: além do sotaque típico Liverpudlian (gentílico da cidade), a guia contou os detalhes e curiosidades com uma velocidade excessiva, com partes que não entendi uma palavra sequer.

O tempo de duração do tour, de acordo com o próprio site oficial, é de 70 a 90 minutos.

Ao final, há a possibilidade de visitar o museu, uma seção com diversos itens históricos do time e de jogadores, incluindo camisas de outros times.

Há também uma enorme loja oficial, com dois andares.

Para fazer parte de uma das modalidades de passeio pelo estádio, recomendo que procure diretamente no site do estádio. E se estiver indo em dupla ou grupo, vale a pena conferir o site do 2FOR1, que oferece descontos. Explico mais sobre o esquema no post: “2FOR1: Como economizar em atrações e restaurantes de Londres”.

Em uma rua margeada por pequenas árvores, vemos um prédio antigo de forma mais reta, seguido por outro mais detalhado, com uma torre de relógio e uma ave de metal no topo.
Cunard Building e Royal Liver Building, na região do Pier Head em Liverpool.

The Beatles Pier Head

Criada pelo escultor Andy Edwards e revelada em 2015, esta estátua de bronze apresenta os 4 membros dos Beatles caminhando enquanto conversam.

São maiores do que a altura real dos 4 artistas, pesando 1,2 toneladas no total.

Museum of Liverpool (*)

Aberto em 2011, este museu conta a história da cidade e de seus cidadãos.

Entre outros temas, o museu apresenta um pouco sobre o importante porto local, a história de soldados do regimento que citei acima no texto, além de como a história do Império Britânico foi se traduzindo na cidade no decorrer da história.

A entrada é gratuita.

Sob céu azul, a lateral de uma casa apresenta um grafite. O fundo da pintura é preto, com duas representações em vermelho e preto de um jogador de futebol.
Um dos grafites nas proximidades do estádio de Anfield.

### British Music Experience (*)

Aberto inicialmente como uma exibição sobre Pop e Rock britânicos na Arena O2 em Londres, em 2009, se transformou em 2015 em exibição permanente, quando foi anunciado que seria montada no local atual, o Cunard Building, na cidade de Liverpool.

O espaço abriga diversas galerias interativas, além de uma extensa coleção de trajes de palco, textos originais de letras de música e instrumentos.

A entrada para adultos custa 16 libras se comprada antecipadamente; 18, se comprada no dia da visita. O bilhete dura um ano, admitindo visitas futuras sem custo.

Royal Liver Building 360 Tour (*)

Completado em 1911, o Royal Liver Building carrega este nome por ter abrigado a sede de uma companhia de seguros de mesmo nome até 2011.

O tour, chamado Royal Liver Building 360 Tour, dá aos visitantes acesso à torre oeste do prédio, que permite uma vista 360 graus da cidade e do rio Mersey. Além disso, há uma experiência imersiva que conta um pouco da história da cidade. Esta etapa ocorre na sala atrás da face do relógio que a torre abriga, tornando o passeio ainda mais interessante.

Entradas custam a partir de 15 para adultos, dependendo da modalidade escolhida.

Tate Liverpool (*)

Da mesma família dos museus “Tate” de Londres (2 locais) e St Ives (na Cornualha), este museu/galeria abriga arte britânica de 1500 até atualmente, incluindo também exemplares de arte moderna de outros países.

A entrada é gratuita.

The Richard John Blackler

Parte da famosa rede acessível de pubs JD Wetherspoon, este estabelecimento oferece um menu com preços bem convidativos e fica pertinho da estação Liverpool Lime Street de trem.

Boa pedida para tomar umas pints e “encher o bucho” logo após chegar à cidade ou antes de ir embora.

Como chegar à Liverpool

A cidade é super bem servida quando o assunto é transporte. Além de serviços de ônibus, barco (pela região do Pier Head) e aeroporto, há estações de trem.

Para quem quer visitar Liverpool saindo de Londres, o trem será sua opção mais cômoda. Quando viajei, o bilhete de ida e volta custou 38 libras, com horário fixo, em trajeto direto de cerca de 2 horas e 15 minutos.

A viagem de trem é entre as estações London Euston (em Londres) e Liverpool Lime Street.

De ônibus, o trajeto costuma durar a partir de 5 horas e meia. Na data de escrita deste texto, encontrei viagens de ida e volta por um total de 25,10 libras (serviço da National Express), mas há promoções de tempos em tempos.

A viagem de ônibus parte de London Victoria Coach Station, próxima das estações Victoria de trem e metrô.

Mapa do tesouro

Até a próxima! :)

* Os locais marcados com asterisco são aqueles que gostaria de ter visitado, mas não o fiz por restrição de tempo. Deixei no roteiro para que você avalie se gostaria de substituir alguma das outras atrações com um dos “extras”.


Imagem de destaque:
A famosa estátua The Beatles Pier Head, retratando os quatro componentes do grupo.
© 2022. Un caffè per due. Feito com Gatsby