Justice, por Pierre Subleyras (1699-1749).
Justice, por Pierre Subleyras (1699-1749). Obra atualmente em: Musée Thomas-Henry, França. Em domínio público. Disponível em: Wikimedia Commons.

Olá!

Hoje eu gostaria de falar um pouquinho sobre os processos por via materna. Por serem uma exceção à regra de processos administrativos, o requerente precisa entrar na justiça para conseguir contornar esta limitação.

Conforme eu já disse aqui, a transmissão da cidadania não costuma encontrar problemas se houver apenas homens na linha de antepassados até você. Se “aparecer” uma ou mais mulheres, porém, o filho desta mulher deverá ter nascido a partir de 1948. Se nasceu depois desta data, seu caso será administrativo.

Procurar a documentação italiana pode ser bem complicado, mas há alguns atalhos interessantes. Photo by Andrew Neel on Unsplash.com.
Procurar a documentação italiana pode ser bem complicado, mas há alguns atalhos interessantes. Photo by Andrew Neel on Unsplash.

Olá!

Outro dia eu apresentei a vocês algumas fontes de informação para quem procura documentos brasileiros de registro civil. Para conferir estas informações, basta acessar aqui. Hoje, porém, vou falar sobre uma das partes mais problemáticas: a documentação do dante causa* na Itália.

Algumas das dicas do outro post valem também para quem quer buscar documentação na Itália, como o levantamento de documentos de gerações anteriores (que sempre possuem citações aos antepassados),  conversas com os membros mais antigos da família, uma navegada naquele monte de coisas velhas que a família sempre guarda, as listas de bordo dos vapores ou ainda o FamilySearch.org.

A busca pelos documentos necessários deve ser feita com calma e persistência. Photo by João Silas on Unsplash
A busca pelos documentos necessários deve ser feita com calma e persistência. Photo by João Silas on Unsplash.

Olá!

Já comentei aqui sobre os documentos que devem ser localizados e como prepará-los para fazer o reconhecimento da cidadania italiana.

Muito legal, informação deixa a gente feliz, mas o desespero bate quando a gente pensa em algo bem prático: como localizar toda essa papelada?

Aqui, a gente vai ter que utilizar a velha técnica de dividir e conquistar, tão famosa na área da computação. O primeiro a se pensar, porém, é: por onde começar?

Coliseu, em Roma. Photo by Mauricio Artieda on Unsplash
Coliseu, em Roma. Photo by Mauricio Artieda on Unsplash.

Olá!

Hoje eu gostaria de abrir uma discussão sobre um tema que circula cada vez mais nas comunidades de descendentes de italianos e de italianos já reconhecidos, na Itália ou fora dela.

Em tempos em que o número de imigrantes e refugiados na Europa cresce quase em progressão geométrica, surgem movimentos para discutir uma mudança profunda no conceito de quem pode ser reconhecido italiano.