No Brasil, como na maioria dos outros países, a pandemia de Covid-19, causada pelo novo coronavírus, está gerando muita preocupação, um número com crescimento exponencial de mortes e uma mudança na sociedade que só perceberemos lá na frente.

Por um lado, há cientistas, médicos, biólogos, enfermeiras e outros profissionais na linha de frente do enfrentamento a esta doença de disseminação assustadoramente rápida; do outro, alguns políticos, uma parcela do grupo empresarial, alguns grupos religiosos e muitos negacionistas.

Photo by Thomas Kelley on Unsplash.
Photo by Thomas Kelley on Unsplash.

Olá!

Hoje eu gostaria de conversar com você, que por algum motivo caiu aqui no blog, sobre algo que tem me preocupado bastante: o avanço do ceticismo em relação à ciência.

Nos últimos anos, é notório o fortalecimento de movimentos antivacina, em defesa da terra plana, que contestam as Ciências Humanas, que atacam as Artes e que criam no Brasil teorias radicais contra as universidades (principalmente as públicas), escolas e, mais do que nunca, contra os professores.