Quem passeia por Londres nem sempre entende bem a lógica de tarifas de transporte público e/ou quais as opções disponíveis na cidade.

Apesar de ser uma metrópole muito bem conectada e com serviços que funcionam satisfatoriamente, o grande número de meios de transporte, os tipos de tarifação e a possibilidade de integração pode deixar até mesmo os residentes um pouco perdidos.

No texto de hoje, quero te ajudar a entender melhor sobre o tema.

Na cultura britânica, assim como na irlandesa, pubs são um elemento quase constante.

Tão populares no Reino Unido quando são os botecos no Brasil, alguns destes estabelecimentos já contam os anos de funcionamento em séculos.

Aqui em Londres, já vi diversos tipos de pubs, desde aqueles bem básicos e sem um elemento que os diferencie dos demais àqueles que você visita e quer ficar só para conferir o estilo do ambiente e a vibe dos visitantes.

Pensando nisso, resolvi facilitar o trabalho de quem passeia por Londres procurando estes lugares e trazer uma lista com várias das melhores opções para aquela pint no capricho ou apenas para uma noite agradável.

Quem já viu meus textos anteriores sobre Londres já sabe que os museus são, no geral, de entrada gratuita.

Há exceções, como exibições especiais e temporárias, mas o acervo fixo geralmente não exige pagamento de ingresso.

O problema é que a cidade é um lugar caro, então convivemos com a máxima de que os museus são de graça, mas muitas das outras atrações são caríssimas.