Qual é o sabor de um “olá” há milhares de quilômetros?

Olá!

No último dia 26 de agosto, completei quatro meses em Portugal.

É engraçado como o tempo corre rápido hoje em dia, mas percebi que ele é dolorosamente mais cruel quando se está distante.

Precisei desse tempo até agora (e todo o que vem pela frente) para crescer muito por dentro. Continuar lendo Qual é o sabor de um “olá” há milhares de quilômetros?