Viagens, vida no exterior e cotidiano.

O mapa dos grandes escritores britânicos

Curiosidades07/03/2021

Assim como no Brasil, o Reino Unido tende a ser mais divulgado a partir das suas regiões mais famosas ou onde há um giro maior de capital, como Londres, Liverpool, Manchester, Edinburgo e outras das maiores cidades britânicas.

Uma das formas de conhecer um outro país é através de sua literatura, que pode proporcionar viagens tão valiosas (ou até mais) quanto aquelas que fazemos fisicamente.

Tendo isto em mente, decidi consultar alguns sites em inglês que divulgam “os maiores escritores britânicos” e colocá-los em um mapa, mostrando quais as cidades que trouxeram ao restante do mundo um pouco do que as terras da rainha têm a oferecer.

Consultei diversas listas, mas acabei optando por duas menores. A primeira é do site The Culture Trip, com os nomes dos últimos 100 anos; a segunda, do site da revista Britain, abraçando também outros séculos.

A lista a seguir, resultante da união dos nomes apresentados nos dois sites já citados, será apresentada em ordem alfabética, sem determinar uma importância específica para cada um. Consideraria um sacrilégio que um leigo como eu apontasse este ou aquele nome como mais importante.

Breve descrição dos autores

Alan Sillitoe

04/03/1928 (Nottingham, Inglaterra) - 25/04/2010 (Londres)

Nasceu em Nottingham, em uma família da classe trabalhadora.

Seus trabalhos mais conhecidos são seu primeiro romance, Saturday Night and Sunday Morning (“Noite de Sábado e Manhã de Domingo”, em tradução livre), e The Loneliness of the Long-Distance Runner (“A Solidão do Corredor de Longas Distâncias”), um texto mais curto. Ambos foram transformados em filmes posteriormente.

Anthony Burgess

25/02/1917 (Harpurhey, Manchester, Inglaterra) - 22/11/1993 (Londres)

John Anthony Burgess Wilson foi escritor e compositor, tendo sido muito conhecido como escritor de histórias em quadrinhos.

Seu romance mais conhecido é Laranja Mecânica, uma obra distópica publicada em 1962, sendo adaptada para o cinema em 1971 (produzido e dirigido por Stainley Kubrick).

Foi membro da Sociedade Real de Literatura, principal sociedade literária britânica.

C. S. Lewis

29/11/1898 (Belfast, Irlanda do Norte) - 22/11/1963 (Oxford, Inglaterra)

Clive Staples Lewis foi um escritor e também teólogo leigo (sem formação específica).

Ele é mais conhecido por seus trabalhos de ficção, sendo “As Crônicas de Nárnia” uma das mais famosas. Outro exemplo é o trabalho “Cartas de um Diabo a seu Aprendiz”, escrito em forma de cartas, sendo considerado um clássico da literatura cristã.

Charles Dickens

07/02/1812 (Portsmouth, Inglaterra) - 09/06/1870 (Higham, Kent, Inglaterra)

Charles John Huffam Dickens foi um escritor e crítico social inglês. Assim como Anthony Burgess, foi membro da Sociedade Real de Literatura.

Seus trabalhos foram bem conhecidos mesmo durante seu período de vida, sendo “Conto de Natal” (ou “Três Espíritos do Natal”) uma de suas mais conhecidas obras, muito popular mesmo atualmente. “Grandes Esperanças” e “Oliver Twist” são também bastante conhecidas, narradas em uma Londres do período vitoriano.

Charlotte Brontë

21/04/1816 (Bradford, Inglaterra) - 31/03/1855(Bradford, Inglaterra)

Charlotte Brontë foi uma romancista e poeta inglesa. Ela publicou vários trabalhos utilizando pseudônimos, sendo Currer Bell um dos primeiros.

Seus trabalhos mais conhecidos são os romances Jane Eyre (1847, seu segundo trabalho do tipo) e Villette (1853). Curiosamente, seu primeiro romance foi recusado pelas editoras da época.

Em 1846, publicou com suas irmãs a obra Poems by Currer, Ellis and Acton Bell, mais uma vez através de pseudônimos.

George Eliot

22/11/1819 (Nuneaton, Inglaterra) - 22/12/1880 (Londres)

Mary Ann Evans foi romancista, poeta, jornalista e tradutora, sendo um dos principais nomes de sua época.

É conhecida pelo seu pseudônimo literário, George Eliot.

Entre suas obras mais conhecidas, temos “Middlemarch: um estudo da vida provinciana” (1871), “Cenas da vida clerical” (1857) e “O Moinho à Beira do Rio Floss” (1860), só para citar alguns.

George Orwell

25/06/1903 (Motihari, Índia) - 21/01/1950 (Londres)

Eric Arthur Blair nasceu na Índia quando seu atual território era ainda comandado pela coroa britânica.

Foi um romancista, ensaísta, jornalista e crítico ácido de regimes totalitários.

Seus trabalhos mais conhecidos são “A Revolução dos Bichos” (1945), sátira à União Soviética de Stalin, e “1984” (1949), romance distópico que narra um mundo em constante guerra e sob forte vigilância governamental.

Suas obras são até hoje muito discutidas por pessoas de diferentes vertentes políticas no mundo todo.

O filme “1984”, inspirado em sua obra, foi lançado em 1984, sob direção de Michael Radford.

Ian Fleming

28/05/1908 (Londres) - 12/08/1964 (Caterbury, Inglaterra)

Ian Lancaster Fleming foi escritor e jornalista, além de oficial da inteligência naval britânica.

Se seu nome não for conhecido logo de cara, James Bond, personagem criada por ele em 1953 para uma série de romances fará o serviço. Seu trabalho fez tanto sucesso, principalmente com sua adaptação para os cinemas, que vários outros autores obtiveram licença após a morte do escritor para escrever mais histórias sobre o espião (fictício) britânico.

Outra obra muito famosa é “O Calhambeque Mágico” (Chitty Chitty Bang Bang, 1964), obra infantil produzida por ele para seu filho, Caspar. A obra foi, inclusive, adaptada para o cinema em 1968.

Iris Murdoch

15/07/1919 (Dublin, Irlanda) - 08/02/1999 (Oxford, Inglaterra)

Dame Jean Iris Murdoch foi uma romancista e filósofa irlandesa e britânica.

Contribuiu com uma boa produção literária, destacando-se Under The Net (seu primeiro romance, em 1954) e The Sovereignty of Good (algo como “A Soberania do Bem”).

Em 1987, foi honrada com o título de Dame Commander of the Most Excellent Order of the British Empire, ou “Dama Comandante da Excelentíssima Ordem do Império Britânico”.

J. K. Rowling

31/07/1965 (Yate, Inglaterra) - presente.

Uma das escritoras mais recentes na lista de hoje, Joanne Rowling é mundialmente conhecida por suas obras da saga do bruxo Harry Potter, publicadas entre 1997 e 2007.

Posteriormente, também publicou obras com o público adulto como alvo, utilizando o pseudônimo Robert Galbraith.

É membro da Sociedade Real de Literatura e foi honrada com diferentes títulos e menções.

Jane Austen

16/12/1775 (Steventon, Inglaterra) - 18/07/1817 (Winchester, Inglaterra)

Romancista mundialmente conhecida, Jane Austen é conhecida pelo tom crítico à dependência a que as mulheres eram submetidas em relação ao matrimônio, sendo muitas vezes a única possibilidade para alguma estabilidade social e financeira.

Suas obras mais famosas são seus seis proeminentes romances: Razão e Sentimento (1811), Orgulho e Preconceito (1813), Mansfield Park (1814) e Emma (1815), publicados ainda em vida; além de A Abadia de Northanger (1817) e Persuasão (1818), publicados postumamente.

John Braine

13/04/1984 (Bradford, Inglaterra) - 28/10/1986 (Londres)

Romancista inglês, John Gerard Braine publicou várias obras de ficção, mas é mais lembrado por Room at the Top (1957), escrita durante seu tratamento de tuberculose.

A obra descreve as ambições de um jovem humilde na Grã-Bretanha do pós-guerra.

Kingsley Amis

16/04/1922 (Londres) - 22/10/1995 (Londres)

Sir Kingsley William Amis foi um romancista, professor, crítico e poeta inglês.

Reconhecido como Commander of the Most Excellent Order of the British Empire, publicou mais de 20 romances, além de poesias, roteiros para rádio e TV, entre outros trabalhos.

É mais lembrado por suas comédias satíricas, entre elas Lucky Jim (1954) e Ending Up (1974).

Margaret Drabble

05/06/1939 (Sheffield, Inglaterra) - presente.

Dame Commander of the Most Excellent Order of the British Empire e membro da Sociedade Real de Literatura, Dame Margaret Drabble é biógrafa, crítica e romancista.

Entre os trabalhos mais conhecidos, temos A Summer Bird-Cage (1963, primeiro romance). The Millstone (terceiro romance, 1966) ganhou o Prêmio John Llewellyn Rhys, voltado para autores jovens da Commonwealth que publicaram trabalhos no Reino Unido.

Peter Shaffer

15/05/1926 (Liverpool, Inglaterra) - 06/06/2016 (Cork, Irlanda).

Sir Peter Levin Shaffer, Commander of the Most Excellent Order of the British Empire, foi um dramaturgo e roteirista britânico.

Entre os trabalhos mais lembrados, temos as peças Amadeus (1979) e Equus (1973).

Uma das polêmicas de Equus foi a exibição dos atores Daniel Radcliffe e Joanna Christie nus em uma das cenas.

Roald Dahl

13/09/1916 (Llandaff, Cardiff, País de Gales) - 23/11/1990 (Oxford, Inglaterra)

Romancista, poeta e eventualmente piloto na Segunda Guerra Mundial, seus pais eram imigrantes da Noruega.

Entre suas várias obras conhecidas, foi o criador de Matilda (1988), que foi posteriormente adaptado para os cinemas e lançado em 1996, sob direção de Danny DeVito.

Além deste trabalho, publicou o romance até hoje muito popular Charlie and The Chocolate Factory (A Fantástica Fábrica de Chocolate), que viria em 1971 pela primeira vez para os cinemas sob o nome “A Fantástica Fábrica de Chocolate”.

Shelagh Delaney

25/11/1938 (Broughton, Salford, Inglaterra) - 20/11/2011 (Suffolk, Inglaterra)

Membro da Sociedade Real de Literatura, foi uma dramaturga e roteirista inglesa.

Entre seus trabalhos mais famosos, temos A Taste of Honey (1958) e o filme Dançando com um Estranho (1985).

Abaixo, você confere o trailer original (em inglês):

Virginia Woolf

25/01/1882 (Londres) - 28/03/1941 (Lewes, Inglaterra)

Um dos ícones da literatura inglesa, é considerada uma das pioneiras em utilizar a técnica literária de “fluxo de consciência” em suas obras, ou seja, buscava descrever a evolução do pensamento das personagens durante a história.

Entre suas obras mais famosas, temos “Ao Farol” (1927), “Um teto Todo Seu” (1929) e Mrs. Dalloway (1925).

William Shakespeare

Abril de 1564 (Startford-upon-Avon, Inglaterra) - 23/04/1616 (Startford-upon-Avon, Inglaterra)

Foi um ator, dramaturgo e poeta inglês.

É considerado o maior escritor de língua inglesa e maior dramaturgo no mundo.

Muitas de suas obras se tornaram mundialmente conhecidas e traduzidas para as mais diversas línguas, entre elas as tragédias Hamlet (escrita entre 1599 e 1601), Romeu e Julieta (1597) e Otelo, O Mouro de Veneza (~1603).

Extra: Agatha Christie*

15/09/1890 (Torquay, Inglaterra) - 12/01/1976 (Winterbrook, Inglaterra)

Dame Agatha Mary Clarissa Christie, Dame Commander of the Most Excellent Order of the British Empire, foi uma escritora inglesa muito famosa por seus mais de 60 romances de investigação e várias histórias mais curtas.

Entre as obras mais conhecidas, destaco o romance “Assassinato no Expresso Oriente” (1934), A Ratoeira (The Mousetrap, peça com estreia em 1952) e o romance Morte no Nilo (1937).

The Mousetrap é a peça de teatro a ser encenada por mais tempo ininterruptamente em Londres, tendo começado em 06 de outubro de 1952 e apenas interrompendo seus trabalhos depois de 16 de março de 2020, por conta da pandemia da Covid-19.

Abaixo, você confere um trailer oficial (em inglês):

* Fiquei surpreso por não vê-la em nenhuma das listas e resolvi incluí-la.

Mapa do local do nascimento

E é isso! Espero que tenham gostado da lista.

É muito interessante analisar, entre alguns nomes desconhecidos, vários escritores cujos nomes já temos contato no Brasil desde muito cedo.

É impossível negar a influência britânica na literatura, dramaturgia e cultura ocidentais.

Sentiu falta de algum nome? Só me avisar na página de Contato.

Até logo!


Imagem de destaque:
Livros. Chatsworth House. Photo by Thomas Kelley on Unsplash
© 2021. Un caffè per due. Feito com Gatsby